Hackers fundamentalistas pirateiam sites da França

Foram invadidos sites do Conselho Geral do departamento de Lot e de várias escolas de ensino médio no país

Paris – Supostos “hackers” fundamentalistas piratearam o site do Conselho Geral do departamento de Lot (sul da França) e de várias escolas de ensino médio na França, informaram nesta segunda-feira os meios de comunicação do país.

Os hackers seriam integrantes de um grupo chamado Fallaga Team, original da Tunísia, que redirigiram o portal do departamento de Lot para uma página de ideologia islamita radical durante várias horas.

Outros sites de diversos institutos franceses foram também hackeados ontem na França e redirigidos a outros portais nos quais se lia “Não há mais Deus que Alá e Maomé é seu profeta”.

Paralelamente, o grupo de hackers Anonymous iniciou a chamada “operação Charlie Hebdo” (#OpCharlieHebdo), pela qual decidiu atacar sites jihadistas.