Hacker que mostrou celebridades nuas pega dez anos de prisão

Christopher Chaney invadiu e-mails de várias estrelas, incluindo Scarlett Johansson, e publicou fotos das celebridades nuas na Internet

Los Angeles – Um tribunal dos Estados Unidos condenou nesta segunda-feira a dez anos de prisão o hacker Christopher Chaney por invadir e-mails de várias estrelas, incluindo Scarlett Johansson, e publicar fotos das celebridades nuas na Internet.

A corte de Los Angeles também condenou Chaney a pagar uma indenização de 76 mil dólares a Johansson, Christina Aguilera e Renee Olstead, que integram um grupo de dezenas de pessoas que tiveram e-mails invadidos pelo hacker.

Chaney se declarou culpado em março, após um acordo com a promotoria, e se livrou de uma pena de até 121 anos de prisão por 26 crimes, incluindo invasão e dano a computadores, escutas ilegais e roubo de identidade.

O hacker foi detido por agentes do FBI em outubro do ano passado, após 11 meses de investigação sobre ataques a e-mails de quase 50 figuras da indústria do entretenimento, incluindo muitas jovens estrelas, como Mila Kunis.