Há 19 mil tipos diferentes de dispositivos Android no mercado, aponta pesquisa

“O Android é hoje o sistema móvel dominante e isso só ocorre devido a sua fragmentação, não apesar dela”, afirma o estudo.

Além das várias opções de dispositivos disponíveis no mercado, a fragmentação do sistema Android torna difícil a escolha de um smartphone ou tablet. É o que aponta uma pesquisa da consultoria OpenSignal

No estudo “Android Fragmentation Visualized” foram identificados 18.796 diferentes dispositivos Android disponíveis no mercado somente neste ano — um significativo aumento em relação a agosto de 2013 quando foram registrados 11.868 aparelhos. 

O aumento da fragmentação dos dispositivos Android é ainda mais evidente quando comparado com os dados do primeiro estudo, realizado em 2012: na época havia 3.997 aparelhos diferentes no mercado. 

Segundo o estudo, de todos esses aparelhos 43% são fabricados pela Samsung. Além disso, somente 20,9% de todos os dispositivos Android estão com a versão KitKat. A pesquisa também aponta a presença desses aparelhos por país: o Brasil representa 0,29% de market share nessa fragmentação. 

O estudo cita também as dificuldades para desenvolvedores. Com o alto número de dispositivos diferentes, a otimização dos aplicativos acaba se tornando um desafio para os criadores.

“Apesar dos problemas, a fragmentação também traz inúmeros benefícios — para desenvolvedores e usuários. A disponibilidade de aparelhos Android baratos significa que possuem um alcance global muito maior que o iOS, e assim os desenvolvedores têm a oportunidade de chegar a uma audiência muito maior”, diz o estudo.

No entanto, segundo a pesquisa, o Android vem obtendo sucesso em preencher o vazio deixado pelo sistema Nokia Symbian e que a fragmentação mais beneficia do que atrapalha o software. “O Android é hoje o sistema móvel dominante e isso só ocorre devido a sua fragmentação, não apesar dela”, afirma o estudo.