Grupo invade banco de dados da Assembleia do Rio

Invasão foi informada por blog dedicado a divulgar notícias sobre o Anonymous. No blog, é possível encontrar uma lista com os nomes de servidores e os CPFs

Rio – O grupo Anonymous – que tem como marca registrada o uso de máscaras do personagem do filme V de Vingança – invadiu na tarde desta segunda-feira, 2, o banco de dados da Assembleia Legislativa do Rio e divulgou nomes e CPFs de vários funcionários da Casa.

A invasão foi informada por um blog dedicado a divulgar notícias sobre o Anonymous. No mesmo blog, é possível encontrar uma lista com os nomes de servidores e os CPFs. Não há dados mais detalhados dos funcionários.

A invasão acontece na véspera da data prevista para a votação do projeto de lei que proíbe a presença de pessoas com rosto coberto em atos públicos no Rio.

A proposta é de autoria de dois aliados do governador Sérgio Cabral, o presidente da Assembleia, Paulo Melo (PMDB), e o líder do PMDB, Domingos Brazão.

O projeto prevê ainda que qualquer manifestação só aconteça se for previamente comunicada à Polícia e também dá aos policiais poder para impedir o uso de qualquer tipo de arma, inclusive paus e pedras, usados por grupos radicais para quebrar vitrines de lojas, bancos e prédios públicos, em tumultos que costumam acontecer no final dos protestos, o que gera conflitos entre manifestantes e policiais.