Governo dos EUA critica fragmentação do Android

São Paulo - O problema da fragmentação do sistema Android não incomoda apenas aos usuários. Nesta quarta-feira (28) um estudo divulgado pelo governo americano aponta...

São Paulo – O problema da fragmentação do sistema Android não incomoda apenas aos usuários. Nesta quarta-feira (28) um estudo divulgado pelo governo americano aponta que esta situação pode criar problemas sérios de segurança. 

O estudo, realizado pelo departamento de segurança (DHS) e pela polícia federal americana (FBI), afirma que os dispositivos Android expõem as agências americanas a significativas ameaças de malware em grande parte devido a muitos aparelhos ainda rodarem versões antigas do sistema. 

Segundo o estudo, dos ataques maliciosos registrados em dispositivos móveis, 79% ocorreram em aparelhos Android. Além da fragmentação, o estudo afirma que pelo fato do Android ser o sistema móvel mais utilizado no mundo, isto também faz com que seja alvo de crackers. 

Além disso, mais da metade dos malware encontrados em dispositivos Android vieram por meio de mensagens de texto que instalavam aplicativos maliciosos. 

O estudo não sugere que as agências governamentais evitem utilizar dispositivos Android, mas faz um alerta para que considerem problemas de segurança e que mantenham seus aparelhos sempre atualizados. 

Vale lembrar, no entanto, que as atualizações do sistema dependem das fabricantes e operadoras. O Google não comentou os resultados da pesquisa.