Google vai mostrar quais lojas físicas têm produtos em estoque

Buscador fez parcerias com grandes varejistas para exibir informações

São Paulo – Já saiu de casa e foi a uma loja comprar um produto e descobriu que ele tinha acabado? O Google anunciou hoje o início de um projeto para mostrar quais lojas físicas têm estoques dos produtos que você procura.

Nesta primeira fase, o buscador vai mostrar dados referentes a dez estabelecimentos: FastShop, Saraiva, Livraria Cultura, Magazine Luiza, Leroy Merlin, C&A, Beauty Box, do grupo O Boticário, Havan, Centauro e Lojas Renner. A empresa se comprometeu, em nota, a aumentar a quantidade de parceiros nesse projeto já no início do ano que vem.

O recurso, chamado LIA (Local Inventory Ads), está disponível na plataforma de vendas de produtos Google Shopping, uma página por meio da qual a empresa vende produtos e compartilha lucros.

Google-Shopping

 (Google/Divulgação)

De acordo com o Google, os usuários verão as informações sobre disponibilidade de produtos em lojas físicas de três maneiras:

– Em estoque​ – o produto está disponível em quantidade suficiente para atender a demanda da loja;
– Estoque limitado​ – há poucas unidades disponíveis;
–  Sem estoque​ – produto indisponível.

Ao acessar o link de um produto no Google Shopping, o usuário, além de ver esses dados, também pode escolher ligar para a loja, tocando no ícone de telefone; traçar rapidamente uma rota no Google Maps; ou comprar online.