Google usará balsa para revelar novos produtos

A balsa terá 15 m de altura e 76 m de largura

Há algumas semanas, o Google iniciou um projeto misterioso em São Francisco, nos Estados Unidos. Hoje (8) a empresa revelou o segredo: seu novo local de apresentação de produtos será no mar. A sala de eventos será em uma balsa, construída na baía da cidade.

“Embora ainda esteja em fase embrionária e as coisas possam mudar, estamos considerando usar a balsa como um espaço para que as pessoas conheçam novas tecnologias”, informou a gigante das buscas. 

A ideia é que a balsa fique em cada local por um mês, depois ela vai navegar para São Diego outros portos da costa leste.

Segundo a BBC, o governo assinou acordos de confidencialidade sobre o prédio de quatro andares do Google na baía de São Francisco e um outro parecido em Portland, Maine.

Quando estiver concluída, a estrutura terá 15 m de altura e 76 m de largura, e contará com 50 câmeras de monitoramento. São esperados cerca de 1.000 visitantes por dia.

Antes de revelar que a balsa será usada como salão de apresentação de produtos, uma das principais teorias era de que a estrutura seria usada para gerar energia maremotriz, que utiliza ondas dos mar como fonte, para os data centers do Google.