Google transforma roupas em interfaces touch-screen

Imagine, por exemplo, controlar a televisão tocando apenas o braço do seu sofá. Ou pilotar um drone a partir da manga da sua camiseta

São Paulo – O projeto Jacquard, da gigante das buscas Google, ainda não é famoso como outras iniciativas da empresa americana, como a de carros autônomos e a de balões de conectividade. Mas, anunciado durante a conferência para desenvolvedores Google I/O, o Jacquard também chama atenção pela objetivo ousado: transformar roupas e outros tecidos em interfaces sensíveis ao toque.

Imagine, por exemplo, controlar a televisão tocando apenas o braço do seu sofá. Ou pilotar um drone a partir da manga da sua camiseta. Esse exercício futurista, totalmente hipotético, demonstra algumas das possibilidades do Jacquard.

Para viabilizar essa ideia, o Google se juntou a parceiros na indústria de tecidos para criar fios sensíveis ao toque e a gestos que podem ser trabalhados em tramas de tecido normal.

Esse avanço foi possível, segundo a empresa, graças a um novo fio condutor, que pode ser embutido em materiais já utilizados pela indústria, como algodão e seda.

Esses fios podem ser conectados a circuitos em miniatura, do tamanho de botões de uma blusa, criando um sistema completo para interfaces sensíveis ao toque.

“Os componentes complementares foram projetados para ser tão discretos quanto possível”, diz o texto de apresentação do projeto Lacquard.

“Esses eletrônicos em miniatura capturam interações de toque, e vários gestos podem ser inferidos por algoritmos. As informações de gestos e toques capturados são transmitidos para telefones celulares e outros dispositivos para controlar uma grande gama de funções, conectando usuários a serviços onlines, apps ou funções do celular.”

Ainda segundo o texto, o projeto Jacqard tem ainda como objetivo lançar as bases para uma produção de larga escala, que seja eficiente também do aspecto financeiro. Mas nenhum produto final que utilize a tecnologia foi anunciado por enquanto.