Google+ alterna crescimento com quedas

A última semana foi a terceira melhor em termos de audiência para a rede social do Google

São Paulo – De acordo com números da consultoria Experian Hitwise, a última semana foi a terceira melhor em termos de audiência para o Google+.

O período só não foi mais positivo do que as duas outras semanas subsequentes ao lançamento da plataforma para todos os usuários, em setembro.

Segundo a EH, o Google+ atingiu, entre os dias 6 e 12 de novembro, a marca de 7 milhões de usuários únicos por dia. O número é menos da metade dos 15 milhões registrados quando a rede social liberou o acesso para todos, no dia 24 de setembro.

Ainda seguro a EH, 76% dos usuários o acessaram o serviço mais de uma vez no intervalo de um mês, o que demonstra engajamento. Porém, o retorno pode ter sido provocado pela série de novas funcionalidades apresentadas pelo Google nas últimas semanas, como ferramentas para edição de fotos, integração com o YouTube, busca por assuntos mais comentados, páginas para marcas etc.

Cinco meses após ir ao ar, o Google+ ainda sofre para prender a atenção de seus usuários. Analisando os números a longo prazo, o serviço alterna sopros de crescimento com períodos de queda de acesso.

De acordo com dados obtidos pelo The Times junto a EH, o tráfego da plataforma caiu em 11 das 21 semanas desde que ele foi ao ar, no final de junho. O Google, por sua vez, não comenta o assunto.

Na semana passada, o chefe de negócios do Google, Nikesh Arora, afirmou que o Google+ não é uma rede social, mas sim uma plataforma que permite incorporar elementos sociais a todos os serviços e produtos da empresa.