Funcionários da Nokia reagem no Twitter à venda para Microsoft

São Paulo - A manhã desta terça-feira (3) viu uma chuva de tuítes de empregados e ex-funcionários da Nokia, que reagiram à notícia da aquisição da fabricante finlandesa...

São Paulo – A manhã desta terça-feira (3) viu uma chuva de tuítes de empregados e ex-funcionários da Nokia, que reagiram à notícia da aquisição da fabricante finlandesa de smartphones pela Microsoft. Alguns deles expressaram esperança no futuro, enquanto outros, principalmente ex-funcionários, lamentaram o destino da empresa. 

“Tentando entender as notícias desta manhã. Emoções misturadas passam pela minha cabeça”, escreveu no Twitter o ex-funcionário Damian Dinning, que trabalhou na Nokia até 2012. John Kneeland, atual empregado da Nokia, comparou o valor da aquisição com o da fabricante chinesa Xiaomi. “Valor da Nokia: 7.2 bilhões de dólares. Valor da Xiaomi: 10 bilhões de dólares. A Xiaomi nem vendia celulares quando a Nokia era a maior companhia de telefonia”, escreveu. 

Funcionários que permanecem na fabricante finlandesa expressaram medo pelo próprio emprego. “Eu trabalho para a Microsoft agora (espero)”, escreveu Mark Kleinmaier. John Kneeland, outro funcionário, atacou o famoso sistema de avaliação de funcionários da companhia de Steve Ballmer. “Espero que a Microsoft não institua sua avaliação de performance em suas novas posses.”

A Nokia chegou a ter uma participação de 40% do mercado de celulares em 2007. Atualmente, a empresa tem apenas 15%, com uma presença ainda menor em smartphones, de 3%. Às 8h07 (horário de Brasília), as ações da Nokia dispararam 41,8 por cento, com investidores antes desanimados recomprando os papéis para limitarem suas perdas.

Apesar da alta, o valor da ação, de 4,18 euros, é uma fração do pico atingido em 2000, a 65 euros. As mudanças na Nokia fizeram a empresa ser avaliada agora como valendo cerca de 15 bilhões de euros. Mas esta também é apenas uma fração em relação ao auge da companhia, que já chegou a ter valor de mercado de 200 bilhões de euros.