Fotógrafo de Zuckerberg reclama de novo Instagram

Noah Kalina, que fotografou o casamento do criador da rede social, ameaçou deixar o serviço caso os termos de uso não sejam revisados

São Paulo – Noah Kalina, o fotógrafo que registrou a emblemática foto de casamento de Mark Zuckerberg e Priscila Chan, se manifestou publicamente sobre os novos termos de uso e sobre a nova política de privacidade do Instagram anunciadas ontem.

“Esses termos devem mudar. O meu ganha pão é tirar fotos. Algumas vezes, fotografias publicitárias. Às vezes, atuo como ator. Se vocês querem utilizar minha imagem ou meu trabalho, devem alterar os termos de uso e pedirem minha permissão antes. Se não, eu sairei do Instagram e levarei um monte de amigos comigo”, afirmou ele. A mensagem foi curtida 125 vezes.

De acordo com as novas regras, o Facebook (que concluiu a compra do Instagram em setembro deste ano) poderá compartilhar as informações dos usuários do serviço de fotos com empresas de publicidade, com serviços de analytics, além de instalar cookies nos smartphones dos usuários.

As mudanças também são um passo para a introdução de publicidade no serviço. Ao Business Insider, a vice-presidente de soluções de marketing do Facebook, Carolyn Everson, já declarou que “uma hora será preciso encontrar uma forma de tornar o Instagram rentável”.

Apesar da mudança dos termos de uso, poucos usuários se manifestaram contra a novidade – para a maioria, ela pode ser considerada óbvia.

Na semana passada, o Facebook já havia divulgado seus novos termos de uso. Ele dá mais poderes à empresa sobre as informações dos usuários com o objetivo de abastecer os algoritmos publicitários.