Ford testa tecnologia que faz veículos se comunicarem em cruzamentos

Algoritmo presente em carros conectados sugere velocidade ideal para evitar acidentes

São Paulo – A Ford apresentou nesta semana uma tecnologia capaz de conectar diversos carros e sugerir ações que podem diminuir a incidência de acidentes de trânsito em cruzamentos e contribuir para a economia de combustível.

Por meio da comunicação veículo a veículo (V2V), os carros conectados compartilham suas velocidades, posições e a direção dos trajetos. Um algoritmo, criado para o gerenciamento de prioridade nos cruzamentos (Intersection Priority Management), calcula qual carro deve ter a preferência e sugere a velocidade ideal para que a passagem pelo cruzamento seja feita com segurança.

Para desenvolver o sistema, que integra o programa de segurança e eficiência Autodrive, a empresa partiu da observação de como os pedestres se organizam naturalmente para calcular as prioridades de passagem, a velocidade ideal para evitar esbarrões e a necessidade de parar.

 (Ford/Divulgação)

Outra intenção da Ford com a nova tecnologia é por fim à necessidade de semáforos nas ruas, já que o sistema se encarregaria de indicar as paradas e reduções de velocidade e a negociação entre os carros seria automática. Dessa forma, o algoritmo poderia também ser implantado em veículos autônomos.

Confira abaixo o vídeo de divulgação lançado pela Ford: