Ford B-MAX desliga o motor nos semáforos para economizar

São Paulo — A Ford vai oferecer, em vários modelos da sua linha 2012, nos Estados Unidos, o recurso conhecido como auto-start-stop, que desliga e religa automaticamente o motor quando o carro para. No 81º Geneva International Motor Show, que terminou no último domingo em Genebra, na Suíça, um dos carros expostos pela Ford com esse recurso era o B-Max, um compacto que tem as portas laterais traseiras corrediças (foto). 

Segundo a empresa, o desligamento do motor nos semáforos e congestionamentos traz economia de combustível típica de 4%, mas que pode chegar a 10% em algumas situações. O sistema é similar àquele que, nos carros híbridos, desativa o motor a gasolina quando apenas a propulsão elétrica é usada e volta a ligá-lo quando isso é necessário. Um recurso parecido também existe em alguns modelos vendidos na Europa por fabricantes como Volkswagen, Fiat e Citroën.

Segundo a Ford, do ponto de vista do motorista, o auto-start-stop praticamente não altera o comportamento do carro. Nas paradas, o barulho do motor deixa de ser ouvido. No conta-giros do painel, o ponteiro desce até uma região marcada em verde para sinalizar que o motor está desligado. Como acontece nos carros híbridos, o ar-condicionado continua funcionando.

Enquanto isso, dispositivos de controle mantêm o motor pronto para reiniciar rapidamente. Quanto o motorista realiza alguma ação que indica que ele está prestes a por o carro em movimento, como tirar o pé do freio, a partida é dada. A Ford diz que o motor entra em funcionamento em apenas 3 décimos de segundo. Para suportar as sucessivas partidas, o motor de arranque desses carros precisa ser reforçado, assim como a bateria que vai fornecer energia a ele.