Entusiastas de criptografia e segurança promovem rave em São Paulo

CryptoRave é baseada no conceito de CryptoParty, evento que tem como foco mostrar aos participantes as ferramentas para garantir a segurança dos dados na web

A cidade de São Paulo receberá entre 11 e 12 de abril a primeira edição de uma festa diferente, que terá, além de música, a segurança e a privacidade na web como foco. Batizado de CryptoRave, o evento durará 24 horas, e trará em sua programação mais de 30 atividades relacionadas ao assunto, entre palestras, debates e oficinas.

Organizado por grupos como a Actantes e a Escola de Ativismo, a “balada” tem como um dos objetivos mostrar aos visitantes como proteger e criptografar suas informações na web. Para isso, demonstrarão como funcionam algumas das diversas ferramentas disponíveis online, além de promover apresentações e conversas voltadas às questões de segurança e privacidade.

Nessas oficinas e palestras, serão destacados a rede anônima TOR, a chave de criptografia GNU Privacy Guard (GPG) e o protocolo de encriptação de mensagens Off-The-Record (OTR), entre outras. Além disso, representantes da organização estarão disponíveis para instalar o Debian, SO de código-aberto baseado em UNIX, nos notebooks de quem estiver interessado.

A CryptoRave terá ainda uma espécie de “capture a bandeira hacker”, que desafiará os participantes a invadir um servidor da organização e criar em uma pasta dele um arquivo com apelido próprio e grito de guerra. Depois de verificado, o vencedor levará para casa 1 bitcoin. E caso nenhum participante consiga cumprir o desafio, os organizadores reverterão a premiação em cerveja.

O evento começará às 19h do dia 11 de abril, irá até 19h do dia seguinte e será realizado no Centro Cultural São Paulo, na Rua Vergueiro, 1000. As inscrições são gratuitas – o visitante só precisa arcar com alimentação e backup – e podem ser feitas no site oficial da CryptoRave. Vale mencionar que não é necessário conhecimento técnico para participar. 

As CryptoParties – As festas voltadas para segurança e privacidade começaram a acontecer em 2012, e possuem todas um caráter autônomo. Há um site que reúne os eventos do tipo que ocorrem pelo mundo, mas todos são independentes uns dos outros, tendo em comum apenas a proposta seguida e certa influência dos cypherpunks dos anos 90. As primeiras CryptoParties foram espalhadas pela Europa – em especial Alemanha e Reino Unido –, Austrália e Estados Unidos, mas logo chegaram a América do Sul e Ásia.

No Brasil, segundo um comunicado da organização da CryptoRave, a primeira festa aconteceu em 2013, em Salvador, enquanto a segunda foi feita em São Paulo no mesmo ano. Uma terceira ainda foi realizada em Porto Alegre, no final de janeiro de 2014. A edição que está programada para abril, aliás, aparece como a primeira do tipo graças à duração, diferencial para as outras três – enquanto elas ocuparam algumas horas de um dia, a Rave deverá ter o dobro do tamanho.

Serviço:

CryptoRave, dias 11 e 12 de abril

Local: Centro Cultural São Paulo; Rua Vergueiro, 1000, próximo à Estação Vergueiro do Metrô

Horário: Das 19h do dia 11/-4 às 20h dos dia 12/04

Inscrições: Gratuitas, no site oficial