Famosas ameaçam Google por divulgação de fotos de nudez

Escritório que representa artistas atingidas pelo roubo de fotos privadas ameaçou processo contra o Google se material não for eliminado

Los Angeles – Um escritório de advogados que representa celebridades atingidas pelo roubo e publicação de fotos privadas na internet ameaçou apresentar um processo milionário contra o Google se a empresa não eliminar da internet esse material, que inclui imagens de nudez.

Em carta enviada na quarta-feira para a companhia e divulgada nesta quinta-feira pela imprensa americana, a firma Lavely & Singer assegura que Google pode enfrentar um julgamento que pode custar mais de US$ 100 milhões como “resultado de seu comportamento carente de ética”.

“O Google está ganhando milhões e se beneficiando do abuso de mulheres”, afirmam os advogados em sua carta, na qual explicam que estão há quatro semanas tentando que a empresa tome medidas para impedir que as imagens íntimas obtidas por hackers continuem aparecendo em páginas como Blogspot e YouTube, administrados pela companhia.

“Se suas esposas, filhas ou parentes fossem vítimas destas descaradas violações de direitos humanos básicos, com certeza teriam tomado as ações apropriadas”, afirmou o escritório, que acusa a empresa de dar prioridade aos seus lucros ao invés dos direitos das pessoas.

“Como as vítimas são famosas não fazem nada. Nada exceto receber milhões de dólares em receita publicitária de seus parceiros comerciais, buscam rentabilizar este escândalo ao invés vez de terminar com ele”, acusou a firma.

Um porta-voz do Google disse em comunicado enviado para a Agência Efe que a empresa eliminou “dezenas de milhares de fotos nas horas que seguiram aos pedidos (dos advogados)” e que até o momento “fechou centenas de contas”.

“A internet é usado para muitas coisas boas. Roubar as fotos privadas de alguém não é uma delas”, disse o porta-voz do Google.

A carta dos advogados não especifica quem são as famosas representadas pela firma. Recentemente, foram divulgadas fotos nuas de Jennifer Lawrence, Kate Upton, Rihanna e Arianna Grande.