Facebook pode seguir Instagram e começar a esconder curtidas

Facebook está testando a remoção das curtidas em sua plataforma

São Paulo – Seguindo o exemplo do Instagram, uma de suas empresas subsidiárias, o Facebook também pode começar a esconder as curtidas das publicações de usuários e marcas na sua rede social. A possível mudança foi descoberta pela hacker Jane Manchun Wong, que percebeu que a companhia estava tentando ocultar as interações em uma postagem enquanto utilizava o aplicativo em seu smartphone Android. A ideia tem como objetivo proteger os usuários de se compararem com outros e melhorar a sua autoestima enquanto navegam pela internet, sem se preocuparem com o número de curtidas que suas publicações recebem.

Procurados pelo site americano de tecnologia TechCrunch, o Facebook confirmou que está testando uma possível remoção dos “likes” em seu aplicativo. A mudança, no entanto, ainda não está disponível para os usuários testarem. Caso ela realmente aconteça, é possível que auxilie no aumento de popularidade da rede social de Mark Zuckerberg, que está perdendo usuários, porque os internautas se sentiriam mais confortáveis para postarem e compartilhem o que quiserem, sem medo de não receberem atenção de seus amigos na plataforma.

Assim como ocorreu no Instagram, onde as primeiras fases da remoção dos “likes” também foram descobertas por Wong, o autor das postagens ainda poderá visualizar a quantidade de curtidas de sua publicação e quem a curtiu, de forma que as curtidas ficarão invisíveis apenas para as outras pessoas. No entanto, a mudança não deve acontecer para todos os países de uma vez, visto que o Facebook deve primeiro testar a sua aceitação, da mesma maneira que fizeram com o Instagram no Canadá – este já está disponível nos países Brasil, Austrália, Japão, Itália e Irlanda.

Uma das maiores razões para essa mudança é tentar atrair, novamente, o público para a rede social. Com a ascensão de apps como o Instagram, Snapchat e Tik Tok, o Facebook se tornou uma plataforma onde usuários atualizam grandes momentos de suas vidas – novo emprego, casamento, ou mudança de cidade. Como são eventos pontuais que acontecem com menos frequência, os usuários passaram a preferir alguma rede social onde é possível contar o seu dia a dia.

Veja também

Outro fator importante para a remoção é que o Facebook espera que as pessoas se tornem menos preocupadas e obcecadas com a contagem de curtidas, e se sintam livres para expressarem os seus sentimentos sem medo de rejeição – além de ser ruim para os usuários, também é um cenário ruim para as visualizações de anúncios na rede social, que precisam de público para se sustentarem.