Facebook lança prêmio de US$10 mi para líderes de comunidades

A iniciativa dará até 1 milhão de dólares para financiar um projeto a cinco pessoas com histórico de criação de grupos

São Paulo – O Facebook lançou um programa de liderança de comunidades na sexta-feira que vai conceder prêmios totais de 10 milhões de dólares a mais de 100 pessoas que criaram grupos na rede social, como parte de seu esforço para criar interações “significativas”.

A iniciativa, anunciada na Cúpula das Comunidades do Facebook em Londres, dará a cinco pessoas com histórico de criação de grupos até 1 milhão de dólares para financiar um projeto, disse Jennifer Dulski, do Facebook.

Outros 100 líderes em todo o mundo receberão 50 mil dólares cada, disse ela em uma entrevista.

“Estamos em busca de comunidades que proporcionem significado às pessoas que estão nelas, estamos buscando iniciativas que gerem impacto positivo e estamos à procura de comunidades que tenham componentes tanto online como off-line”, disse Dulski, chefe de grupos e comunidade do Facebook.

O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, disse em junho passado que a nova missão da empresa era “aproximar o mundo”, e estabeleceu o objetivo de ajudar 1 bilhão de pessoas a se juntar à “comunidades significativas” construídas em torno de passatempos, vizinhos, igrejas, animais de estimação e similares.

O foco em grupos veio depois que a rede social, que possui 1,4 bilhão de usuários ativos diários, foi criticada por seu papel na distribuição das chamadas notícias falsas.