Facebook diz ter apagado por engano publicações de Mark Zuckerberg

Em uma das publicações agora desaparecidas do seu histórico, Zuckerberg disse que estava comprometido a desenvolver o Instagram de forma independente

São Paulo – O Facebook informou ter apagado por engano anos de histórico de publicações do seu CEO Mark Zuckerberg. As publicações que sumiram são de anos atrás, como uma importante de 2012, na qual ele anunciara a aquisição do Instagram, um negócio de 1 bilhão de dólares.

“Há alguns anos, algumas das publicações do Mark foram apagadas devido a erros técnicos”, informou a empresa. O Facebook disse também que não deve restaurar as publicações, porque o ato seria trabalhoso e não teria garantia de funcionar conforme o esperado.

Em uma das publicações agora desaparecidas do seu histórico, Zuckerberg disse que estava comprometido a construir e desenvolver o Instagram de forma independente. Ambos cofundadores do aplicativo de fotos saíram da empresa ao mesmo tempo em meados do ano passado.

Fora isso, a remoção de publicações do perfil do CEO abrange também períodos em que ele era mais ativo na rede social, entre 2006 e 2009. Todas as publicações de 2007 e 2008 foram apagadas, de acordo com o Business Insider.

Não é a primeira vez que a rede social dificulta o acesso a conteúdos públicos antigos. Em 2014, a empresa mudou a forma como emite comunicados, com o lançamento de uma sala de imprensa online, chamada Newsroom, e os links para conteúdos antigos ficaram quebrados, dificultado o acesso às informações neles contidos.

Zuckerberg já tentou apagar seu passado em outra ocasião, quando a imprensa mundial ficou sabendo que ele usara um recurso de apagar mensagens enviadas a seus contatos por meio do Facebook Messenger.