Facebook ajuda moradores sírios a evitar ataques

Página foi criada por moradores da capital síria para localizar e contar os tiros de morteiros lançados quase diariamente contra Damasco

Damasco – Uma página do Facebook foi criada por moradores da capital síria para localizar e contar os tiros de morteiros lançados quase diariamente contra Damasco pelos rebeldes que lutam contra o regime.

O objetivo da página é permitir que os moradores tomem precauções, uma vez que vivem diariamente ao ritmo dos tiros de morteiros procedentes de bairros da periferia controlados pelos rebeldes.

Quase 20 pessoas morreram em média por dia por causa dos morteiros.

Mas a cifra é, às vezes, mais elevada: na primeira semana de agosto morreram 30 pessoas, entre elas quatro crianças, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O conflito, que começou há mais de três anos e meio, depois de uma revolta pacífica contra o regime de Assad, se converteu numa guerra devastadora.

Mais de 180.000 sírios morreram, segundo o OSDH, e mais de nove milhões abandonaram suas casas.