EUA pedem retirada da internet de arma feita em 3D

Arquivo que ensina como imprimir arma em impressora 3D já foi baixado mais de 100 mil vezes foi retirado da internet por seu criador

São Paulo – O Departamento de Estado dos Estados Unidos exigiu que a empresa Defense Distributed retirasse de seu site o arquivo de download para produzir arma em impressora 3D. A solicitação, porém, chega com certo atraso, uma vez que o arquivo já foi baixado mais de 100 mil vezes e não há como evitar sua disseminação pela internet.

O governo americano alega que a disseminação online do arquivo poderia violar as leis internacionais que restringem a exportação de armas sem regulamentação. Neste caso, um download pela internet permitiria que residentes fora dos Estados Unidos produzissem sua própria arma de fogo.

O fundador da Defense Distributed, Cody Wilson, afirmou à revista Forbes que obedeceu a solicitação. Mas disse que o pedido foi prematuro, pois sua empresa respeita os requerimentos que isentam seu produto de ser regulamentado pelo setor.

A arma, chamada de Liberator, utiliza balas de calibre .380 e é feita a partir de 15 componentes impressos em plástico com a ajuda de uma impressora 3D. O dispositivo também possui uma única pequena parte feita em metal. Na semana passada a empresa divulgou um vídeo onde exibe pela primeira vez a arma em funcionamento.