EUA: Anúncios políticos do Facebook e do Instagram começam a ser checados

Nova diretriz, que também exige a marcação de peças de publicidade, será implementada no mundo nos próximos meses

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (24) que começou a implementar uma política que requer a marcação dos anúncios políticos e a verificação da identidade de quem paga pelas mensagens.

A rede social havia anunciado mais cedo este ano a iniciativa, adotada para dar mais transparência e enfrentar as críticas sobre sua participação na propagação de desinformação estimulada pela Rússia durante a eleição presidencial de 2016 nos Estados Unidos.

O Facebook disse que a nova política entrará em vigor nesta quinta-feira para anúncios dentro dos Estados Unidos divulgados por meio desta rede social e do Instagram. A mesma política será implementada no mundo nos próximos meses.

“A partir de hoje, todos os anúncios no Facebook e Instagram nos Estados Unidos deverão estar claramente marcados, incluindo um ‘Pago por’ na parte superior da publicidade”, assinala em seu blog o diretor de produtos do Facebook, Rob Leathern.