Este é o segredo por trás dos melhores smartphones de 2017

Chip Snapdragon 835, da Qualcomm, deve equipar os principais smartphones com Android que serão lançados ao longo de 2017. Galaxy S8 receberá o chip nos EUA

São Paulo — O que os smartphones Galaxy S8 e Xperia XZ Premium têm em comum? Além de serem os principais aparelhos de suas fabricantes sendo lançados em 2017, ambos estão equipados com um chip Snapdragon 835.

O Snapdragon 835 é um “System on Chip”, termo para chips que agregam diversas funções, como processamento gráfico, gerenciamento de conectividade, entre outros. Ele é o trabalho mais recente da Qualcomm, empresa que desenvolve e fornece o produto a fabricantes de smartphones.

A tendência é que os principais celulares lançados em 2017 venham com um Snapdragon 835 por baixo do capô. O caso do Galaxy S8 é bastante emblemático. A Samsung, que normalmente desenvolve os chips que usa na sua principal linha, adotou o Snapdragon 835 em parte dos seus Galaxy S8 (ele foi confirmado entre os aparelhos que serão vendidos nos EUA).

Ao longo do ano, devemos ver o chip dentro dos principais smartphones de empresas como Motorola, HTC, Xiaomi, além das já citadas Samsung e Sony.

Mas qual o segredo do Snapdragon 835? Os seus principais apelos são a diminuição de suas dimensões e o menor consumo de bateria pelo celular. Em termos mais técnicos, a explicação é que o Snapdragon 835 é o primeiro chip de 10 nanômetros da empresa.

Na prática, o que importa é que ele ocupa 35% menos espaço do que seu antecessor. Esse espaço pode tornar smartphones mais finos ou ser preenchido com outros componentes, como uma bateria maior.

Além disso, por conta de uma gestão de energia mais avançada, a Qualcomm promete que seu novo chip consome menos energia. Com isso, o usuário pode esperar smartphones com mais fôlego ao longo do dia.

É claro que o bom desempenho dos smartphones não é mérito somente da Qualcomm. Cada fabricante escolhe quais funcionalidades usar e quais não usar. Algumas, já fornecidas pela Qualcomm, são substituídas por outras desenvolvidas pela própria fabricante.

Por enquanto, não temos nenhum smartphone com o novo chip disponível no Brasil. O primeiro a chegar deve ser o Xperia XZ Premium, da Sony. O Galaxy S8 pode ser vendido com um chip desenvolvido pela própria Samsung por aqui—o Snapdragon 835 deve ser usado somente para os aparelhos vendidos nos EUA. Mesmo assim, o Snapdragon 835 deve marcar presença nos smartphones Android topo de linha que serão lançados neste ano.