Erro no Google Street View associa Rio de Janeiro à lixão

Ao invés do nome do estado, serviço mostra ´landfill´ em legenda. Empresa diz que está corrigindo problema

São Paulo – A funcionalidade Street View do Google Maps foi lançada na quinta-feira (30) e vários internautas logo perceberam algo de estranho ao navegarem por ruas do Rio de Janeiro por meio do serviço. Na legenda ao topo da imagem em que estar detalhada a localização que é exibida, aparecia a palavra “Landfill”, que pode ser traduzida como aterro sanitário ou, em um termo mais popular, lixão.

O erro não se restringe à capital do estado. Cidades da região metropolitana, como Niterói, Nova Iguaçu e Duque de Caxias, e até Nova Friburgo, da região central, e Barra Mansa, do sul fluminense, todas já inclusas no serviço, também recebiam a descrição até a tarde desta sexta-feira (1º).

O Street View liberou as primeiras fotos panorâmicas de ruas do Brasil na quinta-feira depois de um ano de coleta das imagens. Ao todo, estão fotografadas 51 cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Nas ruas paulistas e mineiras, o sitema exibia corretamente os nomes das cidades e estados.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do Google informou que o sistema associou a todo o estado, de forma incorreta, o termo que designaria a região do Aterro do Flamengo, que é conhecida também apenas como “O Aterro”. Ainda segundo a empresa, a correção do erro já estaria sendo providenciada.

O Aterro do Flamengo é uma área que se estende do Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio, até o início da Praia de Botafogo, na Zona Sul, e recebe este nome porque é formado por aterros sobre a Baía de Guanabara.

Leia mais:
Imagens do Brasil chegam ao Google Street View
Google Street View flagra cenas curiosas no Brasil
Google retira do ar imagem de corpo no Street View Brasil

Leia outras notícias sobre o Google

Siga as notícias de Tecnologia do site EXAME no Twitter