Ericsson denuncia Apple por violação de patentes

Empresa sueca recrimina a Apple por continuar vendendo produtos, cujas patentes expiraram, em escala mundial

Estocolmo – A fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações Ericsson anunciou nesta sexta-feira ter denunciado a gigante americana da informática Apple por violação de patentes na Grã-Bretanha, Alemanha e Holanda.

A Ericsson já havia denunciado a Apple pelos mesmos motivos nos Estados Unidos.

Segundo um comunicado, a sueca recrimina a Apple por continuar “vendendo produtos, cujas patentes (de tecnologias inventadas pela Ericsson) expiraram, em escala mundial”.

“Nossa tecnologia é utilizada (…) em muitos aparelhos de comunicações. Temos a confiança de que os tribunais de Alemanha, Reino Unido e Holanda nos ajudarão a resolver este problema”, explicou o responsável pela propriedade intelectual da Ericsson, Kasim Alfalahi.

A gigante americana ia renovar seus acordos de licença com a Ericsson em janeiro, mas rejeitou a oferta da sueca, considerando que a mesma pedia somas excessivas.

A Ericsson, que já não fabrica telefones celulares, constrói equipamentos para as redes móveis e é proprietária de mais de 37.000 patentes tecnológicas e de uma centena de acordos de licenças no mundo.