Equador declara estado de emergência ambiental nas Ilhas Galápagos

O anúncio acontece uma semana depois do naufrágio de um navio que transportava poluentes

O Equador declarou estado de emergência ambiental nas Ilhas Galápagos, uma semana depois do naufrágio de um navio que transportava poluentes, informaram as autoridades em comunicado.

A medida, divulgada pela Comissão de Operações de Emergência, visa a responder rapidamente a eventuais problemas ambientais nas ilhas, classificadas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como patrimônio mundial.

O estado de emergência vai “permitir que as autoridades disponham de recursos imediatos para lidar com a situação”, disse um porta-voz do Parque Nacional de Galápagos.

Em 28 de janeiro, um navio encalhou na baía das ilhas, com 1.400 toneladas de produtos a bordo, incluindo materiais perigosos, como combustíveis e gás doméstico.

Esta é a segunda vez que o Equador declara estado de emergência ambiental no arquipélago. Em maio, outro navio com combustível e lubrificantes naufragou.