Entenda como pensa o sexo oposto com uma nova rede social brasileira

Descubra o que o sexo oposto acha com um site de perguntas

Se você já tentou entender o funcionamento da mente do sexo oposto, então uma nova rede social foi feita para você. Dois brasileiros desenvolveram uma rede social dedicada a perguntas e respostas entre homens e mulheres – a ElaEle.

A ideia surgiu a partir da comunidade “Mulheres perguntam e homens respondem” do — quase — finado Orkut. O fórum tinha cerca de 30 mil participantes. “Há anos pensávamos em desenvolver algo similar com o que vivenciamos na comunidade, mas só decidimos tirar isso do papel no final de 2013”, afirma Gabriel Reynard, cofundador do ElaEle.

O site, lançado em fevereiro de 2014 pelo administrador Gabriel Reynard e o desenvolvedor Marcus Nunes, já conta com 5 mil usuários e 4 mil perguntas.

A ElaEle permite aos usuários realizarem perguntas que são dividas em 9 categorias, mas as que tem maior interação são as de relacionamento, paquera, comportamento e estilo. O site também aceita questões anônimas, se o usuário preferir não se identificar.

Segundo dados da empresa, o usuário passa em média nove minutos por visita e tem seu engajamento reconhecido por meio de pontos, que são divididos em 20 níveis e agregam títulos que já são pré-definidos.

“Esperamos, até o final de 2014, lançar o aplicativo para iOs e Android e com isso atingir um crescimento de 100% na plataforma ”, diz Reynard.