Embraer assina contrato para produzir 28 aviões de carga para FAB

Além dos cargueiros, o contrato prevê a entrega de um pacote de suporte logístico que inclui peças de manutenção

A Embraer fornecerá 28 cargueiros militares do modelo KC-390 à Força Aérea Brasileira (FAB), compra avaliada em R$ 7,2 bilhões, um contrato assinado nesta terça-feira, depois de a presidente, Dilma Rousseff, inaugurar em Gavião Peixoto, cidade no interior do estado de São Paulo, onde a aeronave será fabricada.

Segundo a Embraer, o acordo faz parte de uma nova fase do projeto, que começou em 2009, e prevê a aquisição de 28 aeronaves nos próximos dez anos, a primeira delas com entrega prevista para o final de 2016.

Além dos cargueiros, o contrato prevê a entrega de um pacote de suporte logístico que inclui peças de manutenção.

A efetivação do contrato ainda precisa de documentação complementar, por isso o acordo entrará em vigor em três meses.

A aeronave conta com avanços tecnológicos dentro da indústria aeronáutica brasileira; possui um menor custo operacional e oferece flexibilidade na hora de realizar diversas missões como transportar cargas e tropas, abastecer aviões em voo, lançar carga em pleno voo, realizar resgates ou combater incêndios, segundo a Embraer.

Durante a inauguração das instalações, de mais de 300 mil metros quadrados, Dilma destacou a importância da indústria de defesa para o Brasil e ressaltou os avanços tecnológicos e os empregos gerados com a fabricação da aeronave.

De acordo com a Embraer, 1.500 trabalhadores da companhia estão diretamente envolvidos no projeto e mais de 50 empresas brasileiras participam do desenvolvimento do KC-390.

“Ninguém em sã consciência pode duvidar que a indústria de defesa é estratégica. Muitos concordam que tem um potencial extraordinário para o desenvolvimento tecnológico”, defendeu Dilma.

O comandante da FAB, general Juniti Saito, ressaltou que o projeto, “cuidadosamente realizado para servir ao Brasil, representa um salto na capacidade operacional” da aviação de carga.

Com 12 metros de altura e 35 de largo, o avião terá capacidade para transportar até 20 toneladas de carga e velocidade máxima de 870 km/h.