Em resposta à crise, jovens fundam comunidade sustentável na Grécia

Fundada em 2010 na ilha de Evia, a comunidade tem como principal objetivo criar uma “escola” para uma vida sustentável

Sem perspectiva graças à crise financeira, quatro jovens abandonaram a cidade de Atenas, na Grécia, para criar uma comunidade rural sustentável, que incentiva um novo estilo de vida.

Fundada em 2010 na ilha de Evia, a sociedade alternativa Free and Real, acrônimo para Freedom of Resources for Everyone, Respect, Equality, Awareness and Learning (ou “Liberdade de Recursos para Todos, Respeito, Igualdade e Aprendizado”, em tradução livre), tem como principal objetivo criar uma “escola” para uma vida sustentável.

Segundo a Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento (OECD), os jovens sofreram as maiores perdas de rendimento nos anos seguintes à crise financeira de 2008, especialmente na Grécia, Islândia e Irlanda. Por isso mesmo, entre os habitantes da nova comunidade, o Euro não tem valor.

Todos segue uma dieta vegetariana rigorosa e se alimentam dos produtos orgânicos cultivados pela comunidade. O que sobra dos jardins é trocado na aldeia vizinha por suprimentos que os jovens não conseguem produzir.

Atualmente, a sociedade é casa de dez moradores permanentes e também recebe mais de cem visitantes que se hospedam durante períodos do ano, interessados em aprender mais sobre agricultura orgânica e modo de vida sustentável.

Sem energia elétrica, os moradores vivem em tendas comunitárias portáteis, feitas de lona. Abaixo, veja imagens que revelam seu estilo de vida:

              Clique para abrir o link no navegador
Embed da galeria:
Clique para abrir o link no navegador