Em 2016, smartphones poderão ser recarregados em 30 segundos

Nanotecnologia permite dar carga rapidamente aos dispositivos móveis

Em dois anos, haverá no mercado uma tecnologia que permite recarregar a bateria do seu smartphone em apenas 30 segundos. Ao menos é isso que prevê a StoreDot, criadora de uma bateria de carregamento ultra-rápido.

A empresa demonstrou a tecnologia nesta segunda-feira (07/04) durante a conferência Think Next, promovida pela Microsoft, que acontece em Tel Aviv, em Israel.

A inovação real está na bateria em si e não no carregador. E como o componente é diferente dos atualmente disponíveis no mercado, ele também oferece uma novidade importante para o consumidor: milhares de ciclos de carga, o que pode aumentar consideravelmente a vida útil do seu aparelho.

“Essencialmente, o que desenvolvemos é uma nova geração de elétrodos com materiais novos — nós os chamamos de MFE, Multi Function Eletrode. Um lado age como um Supercapacitor (de carregamento muito rápido), e o outro é como um elétrodo de Lithium (de carregamento lento). O eletrólito é modificado, assim como os nossos nanodots, para que seja permitida a multifunção do elétrodo de forma eficaz”, afirmou o CEO da StoreDot, Doron Myersdorf, ao The Next Web.

A nanotecnologia parece realmente ser uma forma de viabilizar um carregamento mais veloz para dispositivos móveis. No ano passado, a jovem de 18 anos Eesha Khare venceu o prêmio de jovem cientista da feira internacional de engenharia da Intel por criar um supercapacitor que armazena uma grande quantidade de energia e poderia ter sua carga restaurada em apenas 30 segundos. Entretanto, a tecnologia de Eesha fora usada apenas em lâmpadas LED, apesar do carregamento de smartphones ser seu objetivo.

Veja abaixo o vídeo de demonstração do novo método de carregamento criado pela StoreDot.

//www.youtube.com/embed/9DhJZAhjbcI