Dispositivos eletrônicos são liberados durante voos nos EUA

Os passageiros de companhias aéreas poderão usar durante o voo uma ampla gama de dispositivos eletrônicos móveis, como livros eletrônicos e consoles de videogame

Os passageiros de companhias aéreas poderão usar durante o voo uma ampla gama de dispositivos eletrônicos móveis, como livros eletrônicos e consoles de videogames, com pouquíssimas restrições, afirmaram nesta quinta-feira (31) autoridades de aviação dos Estados Unidos.

As novas regras, mais flexíveis, emitidas pela Administração Federal de Aviação (FFA), entrarão em vigor na maioria das companhias aéreas no fim do ano, disse esta agência que regula a aviação civil nos Estados Unidos.

“Os passageiros poderão eventualmente ler livros eletrônicos, jogar e assistir a vídeos em seus dispositivos durante todo o momento do voo, com exceções muito limitadas”, informou a FAA em um comunicado.

No entanto, os smartphones continuarão sem poder ser usados para comunicações de voz durante o voo, devido à regulamentação de outra agência federal, a Comissão Federal de Comunicações (FCC), que proíbe ligações de celulares durante o voo.

As novas regras significam que os passageiros poderão “utilizar de forma segura os dispositivos em modo avião, porta a porta”, acrescentou a FAA.

Os equipamentos eletrônicos deverão ser guardados no bolso do assento durante a decolagem e a aterrissagem.

Navegar na internet continuará possível nas companhias aéreas que oferecem wi-fi em voo, e a tecnologia Bluetooth para teclados sem fio também será permitida.

As mudanças acontecem mais de um ano depois de um estudo, feito por especialistas externos em problemas de segurança, relacionados com dispositivos eletrônicos portáteis.