Dell Venue 11 Pro

logo-infolab

O Dell Venue 11 Pro é um tablet com potência de notebook. O produto tem tela de 11 polegadas com resolução Full HD (1080p) e sistema Windows 8.1 Pro. Com foco na produtividade e portabilidade, o aparelho é vendido no Brasil por preços que vão de 2.299 reais a até 4.158 reais. A edição testada pelo INFOlab foi a intermediária, que ainda assim oferece configuração equiparável à de um notebook básico.

Nessa faixa de preço, o aparelho concorre diretamente com o Nokia Lumia 2520, que, entretanto, tem a desvantagem de rodar o sistema Windows RT, uma versão do sistema da Microsoft com um limitado ecossistema de aplicativos. O Dell Venue 11 Pro tem teclado com trackpad, vendido separadamente, que o transforma em uma espécie de notebook híbrido.

Vale notar, contudo, que seu preço é um dos mais altos do mercado de tablets, ficando abaixo do valor cobrado por poucos concorrentes, como é o caso do Sony Xperia Z2 Tablet, vendido por 2.599 reais no Brasil. O Venue 11 custa 500 dólares nos Estados Unidos.

Vìdeo

http://videos.abril.com.br/info/id/377d84b7e0b8045645c01feae57972ec

Design e construção

A primeira coisa que notamos ao pegar o Venue 11 é que o aparelho tem construção robusta e de boa qualidade. Entretanto, esse é o tablet mais pesado que já passou pela análise do INFOlab: são 773g. O iPad Air, por exemplo, pesa 478g.

O gadget também é volumoso, com medidas de 27,8 x 17,6 x 1,1cm (LxAxP). As saídas de som estão localizadas nas laterais, os botões de liga/desliga e volume são cromados, e a entrada para cartão microSD é protegida por uma tampa que só é aberta com a ajuda de um clips de papel.

Em relação à aparência do produto, como a maioria dos tablets com Windows, é sóbrio, todo em preto, na sua frente se destaca o botão do Windows, sua traseira é toda emborrachada, com o logo da Dell na parte central.

Utilizando sua saída miniHDMI, é possível conectar o tablet a um monitor e transformá-lo em uma espécie de desktop improvisado. E com o software de controle gráficos da Intel, dá para estender a tela ou duplicá-la.

Acessórios

Teclado – R$ 548,00

O teclado vendido pela Dell é sólido e compacto. Todo em preto com detalhes cromados, pesa cerca de 680 gramas e tem medidas de 28 x 18 x 2,7cm (L x A x P). Diferentemente da maioria dos teclados específicos para tablets, a experiência de uso é muito boa. Seu sistema de encaixe é feito por dois ganchos traseiros que são fixados em duas fendas inferiores do tablet, o que funciona bem e o produto fica bem preso. Para soltá-lo, basta pressionar o botão à frente da tela. A base também possui um sistema de dobradiça, assim é possível abrir e fechar o conjunto, feito um notebook.

A disposição das teclas segue o padrão ABNT 2 e suas teclas quadradas têm cerca de 1,6 cm. Com isso, digitar textos não é um problema, mas sim confortável O touchpad possui medidas de 9,2 x 4,8 e aceita comandos de atalho do Windows 8.1. 

Dock Station – R$ 359,00

Outro acessório para transformar o tablet numa ferramenta de trabalho, um conector de energia plugado na parte inferior do tablet o mantém na vertical com leve inclinação para trás através do apoio de metal do acessório. A dock possui três entradas USB 3.0, conector Ethernet, saída HDMI e Display Port e P2 (fone de ouvido), além de uma conexão proprietária de energia. O acessório pesa 820 g e sua base é emborrachada, o que a deixa firme na mesa. Essa dock não possui bateria interna, por isso, quando não está conectada à energia, suas portas não funcionam. Quando conectado, uma lâmpada LED frontal é acesa e a bateria do tablet é recarregada.

Configuração e usabilidade

A configuração é o principal fator no qual a fabricante aposta para vender o produto, bem como a sua portabilidade. Para rodar o sistema Windows 8.1 sem apresentar problemas de desempenho ou falta de espaço para armazenamento de dados, o Venue 11 Pro vem com memória interna de 64 GB, dos quais 40 GB estão livres para uso (o restante é utilizado pelo sistema). Além disso, há uma entrada para cartão microSD que pode ter capacidade de até 64 GB.

O processador do aparelho é um Intel Atom Z3770 2,4 GHz (4 cores e 4 threads) que dá conta de executar aplicativos da Windows Store, bem como programas tradicionais do Windows voltados para a produtividade, como o pacote Office, por exemplo. São 2 GB de memória RAM, Wi-Fi padrão N, Bluetooth 4.0 e GPU Intel Graphics HD. Como mostra o processador gráfico, este não é um tablet voltado para gamers, como é o caso do Gradiente Tegra Note, mas o dispositivo da Dell roda jogos leves sem engasgos.

A câmera deste tablet tem resolução acima da média e registra fotografias com 8 MP e filma em Full HD. A câmera frontal também é boa para videochamadas. Ela grava em 1080p e fotografa com 2 MP.

O suporte para formatos de arquivos multimídia é o mesmo encontrado no Windows do seu computador. Ou seja, se algo não rodar logo de primeira, você pode usar o VLC para ver vídeos ou abrir uma imagem no Paint e alterar a sua extensão.

Bateria

A autonomia de bateria do Venue 11 Pro foi um destaque e, nesse quesito, está entre os melhores tablets que já passaram pelo INFOlab. Ficando abaixo do iPad Air e do Galaxy Tab S, o aparelho da Dell aguentou por 7h57 longe da tomada reproduzindo vídeos com resolução HD, com Wi-Fi e Bluetooth ativos, além de estar com brilho de tela no máximo.

Em outro teste, o padrão usado para notebooks com Windows, foi utilizado o software Battery Eater para aferir o tempo de autonomia de uso intenso do produto. Nesse caso, o período foi menor, ficando em 3h32. E vale notar que o tablet estava conectado à dock com teclado que também conta com uma bateria interna.

Sistema

O sistema Windows 8.1 Pro oferece poucas surpresas para quem está familiarizado com o ecossistema da Microsoft em computadores. Existem 4 programas pré-instalados: Dell Backup and Recovery, Dell Client System Update, Dell Digital Delivery e Dell Power Manager.  O System Update e o Digital Delivery são os responsáveis, respectivamente, por manter o sistema (incluindo drivers e o firmware) e os aplicativos da Dell atualizados.

O Backup and Recovery é capaz de criar imagens (e discos) de recuperação, realizar backups locais e online (com uma conta da Dell que custa entre 60 reais para 1 ano de 10 GB até 1585 reais para um ano  com 1 TB) e,  com uma versão premium do programa, faz backup contínuo em tempo real. Por fim, o Power Manager controla uma série de variáveis que determinam quando usar a carga da bateria ou a energia do adaptador AC.

Sem muito esforço, é possível apagar os programas caso você não queira utilizá-los.

Vale a pena?

Com foco no mercado corporativo, o Dell Venue 11 Pro pode ser interessante para empresas, mas para o consumidor final seu preço é incompatível ao praticado pelas marcas concorrentes. Outro ponto é que o aparelho tem apelo para a produtividade e pela robustez, duas características encontradas dispositivos empresariais.

Ficha técnica

Sistema operacional Windows 8.1 Pro (32 bits)
Chipset Intel Atom
Processador (SoC) Intel Atom Z3770 2,4 GHz (4 cores e 4 threads)
GPU (SoC) Intel HD Graphics
RAM 2 GB
Armazenamento 64 GB (40 GB livres) + microSD de até 64 GB
Câmera 8 MP (Foto: 3264 x 1836 pixelsm Vídeo: 1080p); 2 MP frontal (grava em 1080p)
Tela 11” Full HD
Peso 773 g
Bateria 7h57

Avaliação técnica

Prós Boa autonomia de bateria; Windows 8.1 Pro completo; NFC;
Contras Produto pesado
Conclusão Tablet que pode ser usado como substituto de notebook, porém, seu preço no Brasil é alto
Configuração 9,2
Usabilidade 9.0
Bateria 7.9
Design 7.9
Média 8.7
Preço R$ 2.469