Coreia do Sul investiga falhas de informática em sedes olímpicas

As falhas no sistema não chegaram a afetar a cerimônia de abertura dos Jogos de Inverno

Ciberataques ou falhas no sistema de informática? A Coreia do Sul lançou uma investigação para tentar entender por que várias instalações de Pyeongchang-2018 sofreram cortes na internet ontem, durante a cerimônia de abertura dos Jogos de Inverno, informaram neste sábado os organizadores.

Os problemas na rede começaram no fim da tarde desta sexta-feira, em várias instalações olímpicas, e, em alguns casos, a situação ainda não havia se normalizado hoje, assinalaram os organizadores.

Dado o contexto diplomático sensível destes Jogos, com a presença na Coreia do Sul do vice-presidente americano, Mike Pence, e da irmã do líder norte-coreano, as autoridades não querem correr nenhum risco.

Um grupo de especialistas em segurança na internet do Ministério da Defesa e representantes de outros quatro departamentos foram encarregados de investigar estes cortes, que não prejudicaram a cerimônia de abertura.

“Ainda tentamos descobrir de onde veio o problema”, disse uma das porta-vozes do comitê organizador, Nancy Park.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s