Conheça dez novidades sobre a nova política do Facebook

Ela dá mais poderes à empresa sobre as informações dos usuários, com o objetivo de abastecer os algoritmos publicitários

São Paulo – Com o fracasso da consulta pública realizada junto aos usuários até o começo desta semana, o Facebook conseguiu aprovar sua nova política de uso da rede social.

Ela dá mais poderes à empresa sobre as informações dos usuários, com o objetivo de abastecer os algoritmos publicitários.

Ao mesmo tempo, o Facebook anunciou nesta semana novas configurações de privacidade.

De acordo com o novo modelo, os novos controles serão divididos em três frentes: “Quem pode ver meu conteúdo?”; “Quem pode se conectar comigo?” e “Como evitar que alguém me incomode?”. Eles devem ser ofertados para os usuários brasileiros nas próximas semanas.

Veja abaixo dez novidades sobre as novas regras de uso do Facebook:

1 – Seguindo o novo regulamento, algumas informações – como nome, foto de perfil, foto de capa e trabalho – sempre estarão visíveis para outros usuários. Entretanto, somente os perfis públicos aparecerão nas buscas do Google;

2 – Suas mensagens e status nunca serão apagados, mesmo que o usuário exclua a mensagem, ela continuará hospedada nos servidores da empresa. Até se o usuário excluir sua conta, as informações continuarão salvas;

3 – O Facebook vai rastrear suas mensagens e páginas curtidas. Se você curte uma página automobilística e cita uma marca de carros em seu status, o Facebook pode concluir que você é um potencial comprador de carro e sugerir isso para as empresas;

4 – Ao postar uma foto sua em seu mural, você autoriza seus contatos a salvá-la em seus smartphones ou PCs;

5 – Os apps vão manter seus dados, mesmo depois de você desconectá-los;

6 – Nada de mensagens agressivas. O Facebook poderá editar ou excluir uma publicação sua caso ele acredite que ela coloque em risco o próprio usuário ou outras pessoas;

7 – As informações que você compartilha no Facebook também poderão ser utilizadas para direcionar anúncios fora da rede social;

8 – Antes, o Facebook mantinha dados e relatórios de campanhas publicitárias disponíveis para os clientes por 180 dias. Agora, esse prazo é sem limite;

9 – Se você é um morador da Califórnia poderá solicitar quais informações suas o Facebook está repassando para empresas terceiras. Se você mora no Brasil, esse serviço não estará disponível;

10 – O Facebook vai utilizar ainda mais cookies para monitorar os usuários. Segundo a empresa, eles servem para “fornecer uma experiência melhor, mais rápida e mais segura”.