Companhia aérea vai usar drones para consertar aviões

Com drones, companhia aérea britânica easyJet quer reduzir custos e ganhar tempo. Cada uma das máquinas voadoras vai custar cerca de 25 mil dólares

São Paulo – Uma companhia aérea do Reino Unido arranjou uma nova utilidade para os drones, uma das tendências atuais no mundo da tecnologia.

Em breve, os drones serão usados pela easyJet para inspecionar aviões. De acordo com a empresa, a medida é uma forma de reduzir custos e ganhar tempo.

“Checagens que normalmente durariam mais de um dia poderiam ser feitas em poucas horas e com eficácia muito maior”, afirmou Ian Davies, engenheiro-chefe da easyJet.

25 mil dólares

(Reprodução/Youtube)

Fabricados pela Bristol Robotics Laboratory, cada drone vai custar cerca de 25 mil dólares.

Eles serão usados para escanear os aviões e gerarem imagens em 3D das áreas com danos, que serão analisadas por engenheiros da empresa.

Além dos drones, a easyJet pretende usar óculos com suporte para realidade aumentada e outros recursos de tecnologia de ponta no reparo de seus aviões.

Agora, assista vídeo da empresa sobre estas iniciativas (está em inglês):

//www.youtube.com/embed/J2nQdMKyR34