Como saber se a Apple deixou o seu iPhone lento

Seu aparelho está funcionando normalmente? Um app grátis pode mostrar se a empresa limitou o desempenho

São Paulo – A Apple admitiu publicamente que deixa os iPhones com baterias antigas mais lentos para evitar desligamentos inesperados, que podem ocasionar problemas em componentes eletrônicos.

A informação gerou revolta por parte dos usuários de iPhones em todo o mundo a empresa tomou algumas medidas, como reduzir o custo da substituição de baterias. Mas como saber se o seu aparelho realmente foi afetado por essa restrição da Apple?

Ao reduzir o desempenho de um iPhone em prol do bom funcionamento geral do produto, a velocidade de processamento, também chamada de clock, pode ser diminuída. O aplicativo Lirum Device Info mostra a velocidade máxima do clock do seu aparelho e também qual é a velocidade atual dele. Se elas forem diferentes, seu smartphone foi afetado pela redução de performance da marca–e uma bateria nova pode resolver isso.

O aplicativo tem uma versão grátis, que já permite a consulta ao clock, e uma edição paga, com mais recursos, que custa 9,90 reais na App Store, que agora tem preços em real, não mais em dólar.

Ao instalar o Lirum, toque no menu do canto superior esquerdo da tela, selecione “This Device” e depois “CPU”. As informações que você deve observar para verificar se houve redução de desempenho do seu iPhone são “CPU Actual Clock” (clock do seu aparelho) e “CPU Maximum Clock” (clock máximo, de fábrica, do seu iPhone).

App-performance-iPhone

 (Site EXAME/Lirum Device Info/Reprodução)

Se os números estiverem diferentes, seu aparelho foi afetado pela restrição de desempenho da Apple. Caso contrário, seu ele deve estar funcionando normalmente.

Em nossos testes, vimos que um iPhone 6 tem clock de 1,4 GHz, mesmo tendo apenas 1.200 mAh de capacidade de bateria, contra os 1.810 mAh oferecidos em uma bateria nova deste modelo. A informação sobre a saúde da bateria também pode ser consultada na versão grátis do Lirum Device Info, na seção referente à bateria (o caminho é tools>battery>check battery internal reports).