Comedouro high tech para gatos tem até reconhecimento facial

O comedouro Bistro usa uma câmera para reconhecer o gato e monitorar sua alimentação. O projeto já captou 120 mil dólares no Indiegogo

São Paulo – Um novo gadget usa o reconhecimento facial para tornar a alimentação de gatos mais eficiente. Batizado de Bistro, o dispositivo foi criado em San Mateo, na Califórnia.

Quando um gato se aproxima do Bistro, uma câmera embutida no gadget e um algoritmo fazem o reconhecimento do bicho – que deve ter sido cadastrado na máquina pelo dono anteriormente.

Então, a alimentação é liberada. Enquanto isso, o animal é monitorado e seu dono é informado pelo smartphone sobre qualquer alteração de comportamento.

“Os gatos não falam por eles mesmos. Por isso, precisamos que o Bistro fale por eles”, afirma em vídeo de divulgação do produto Mu-Chi Sung, especialista em tecnologias de reconhecimento facial e criador do Bistro.

Em menos de uma semana no site de financiamento coletivo Indiegogo, o projeto já captou cerca de 120 mil dólares.

Streaming

Além de reconhecimento facial, a câmera do Bistro é capaz de realizar transmissões via streaming no momento em que o gato está se alimentando. Para isso, basta que o dono do animal instale o app do gadget em seu smartphone.

Caso o ambiente esteja escuro, um sistema de lâmpadas LED proporciona a iluminação necessária. Outros recursos do Bistro são balança, bebedouro e conexão de rede sem fio Wi-Fi.

O gadget está sendo vendido no Indiegogo por 159 dólares e deve começar a ser entregue aos compradores em fevereiro de 2015. Com o sucesso da ideia, Sung já pensa em criar versões do Bistro para cães e outros animais domésticos no futuro.

A seguir, veja o vídeo de divulgação do Bistro (está em inglês):

//www.youtube.com/embed/Wiy8DRIuh9U