Com direito a mico ao vivo, Tesla apresenta seu novo carro elétrico

Veículo vem equipado com vidro que resistiria até a “explosão nuclear”, mas que foi estilhaçado em teste

São Paulo – A Tesla apresentou seu novo carro elétrico nesta quinta-feira (21). Chamado de Cybertruck, o veículo tem design futurista e traria como um de seus diferenciais um vidro quase inquebrável. Porém, durante a apresentação da empresa de Elon Musk, transmitida ao vivo para o mundo inteiro, o Tesla Armor Glass foi estilhaçado em apenas um golpe.

Com transmissão nas quatro rodas e motor capaz de ir de 0 a 100 km/h em apenas 6,5 segundos, o novo veículo da Tesla é vendido com três opções de baterias que prometem autonomia de 400, 500 ou 800 quilômetros por abastecimento elétrico. Tudo isso fica debaixo do capô em uma carroceria de aço inoxidável feito para resistir a grandes impactos (exceto, aparentemente, nos vidros).

 (Tesla/Reprodução)

Com desenho que lembra aqueles carros futuristas e filmes da década de 1980, o Cybertruck não é apenas um carro de passeio, mas também não se parece com um caminhão propriamente dito. Contudo, o veículo pode rebocar até 6,3 toneladas de carga graças a sua suspensão de ar adaptativa.

A previsão é de que a Cybertruck comece a ser produzida no fim de 2021. Não há data para o início das vendas, mas sabe-se que o preço será de 39.990 dólares.

Veja também

Outros micos

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que uma empresa de tecnologia passa vergonha durante a apresentação de um produto ao vivo. O caso mais famoso ocorreu em 1998. Na ocasião, Bill Gates, fundador da Microsoft, e Chris Capossela tentavam conectar um scanner em um computador com Windows 98.

O sistema operacional travou apresentando a famosa “tela azul da morte”. “Deve ser por isso que ainda não estamos vendendo o Windows 98”, disse Gates, na época, com um sorriso amarelo no rosto.