Cinemas ganham poltronas que vibram e chacoalham

A tecnologia de cinema 4D, usada em parques de diversão, começa a ser empregada também em cinemas comuns

São Paulo — Trinta cinemas do Reino Unido estão sendo equipados, neste ano, com poltronas capazes de vibrar e chacoalhar de acordo com a ação na tela. O primeiro deles está sendo inaugurado nesta semana em Glasgow, na Escócia, informa o jornal londrino The Guardian.

As poltronas, da empresa D-BOX, também já são usadas em salas de exibição em países como Estados Unidos, Canadá, Japão e Alemanha. Elas levam, para as salas comuns de cinema, ao menos uma parte das sensações encontradas nas atrações de cinema 4D dos parques de diversão.

As poltronas são capazes de realizar 30 movimentos diferentes, que são sincronizados com o filme durante as cenas de ação. Se um carro se move na tela, a cadeira vibra e inclina-se para transmitir sensação de movimento. Se há uma batida, ela produz um solavanco. A D-BOX diz que já há 900 filmes compatíveis com essa tecnologia e que existem 3 mil delas em uso. O número só não é maior por causa do custo elevado.

No Reino Unido, segundo The Guardian, o projeto prevê que apenas 10% dos assentos disponíveis em cada sala serão vibratórios. Para se sentar num deles, as pessoas vão pagar um valor entre 15 e 25 reais a mais do que o preço de um ingresso comum. A D-BOX também fabrica cadeiras vibratórias para home-theater e para jogos. São compatíveis com certos filmes em Blu-ray e com games que rodam no console PlayStation 3, da Sony.