Ciberataque atinge sistema que monitora radiação em Chernobyl

As medições tiveram que passar a ser feitas por equipamentos portáteis após os sistemas de detecção precisarem ser desligados após o ataque

Os sistemas de monitoramento de radiação na zona de exclusão em torno da central nuclear de Chernobyl foram afetados nesta terça-feira por um ciberataque, informou um porta-voz da agência ucraniana responsável por monitorar a área.

Os sistemas de detecção tiveram ser desligados como resultado do ataque, mas as medições de radiação continuam a ser realizadas com equipamentos portáteis, acrescentou a fonte.

O ataque cibernético faz parte de uma série que tem atingido empresas e organismos públicos na Europa e América.