Chromebook 3 é um notebook básico com bateria de sobra

Aparelho é indicado para quem precisa de portabilidade no dia a dia e não quer gastar muito

logo-infolab

São Paulo — Chomebooks são produtos peculiares. Diferentemente da maioria dos notebooks, eles não têm o sistema Windows, mas, sim, um software chamado de Chrome OS. Em termos simples, ele é uma versão expandida do navegador Google Chrome. A ideia desse tipo de aparelho é, basicamente, navegar pela web, ver vídeos na Netflix e no YouTube e trabalhar em documentos no Google Docs. É exatamente essa a proposta do Samsung Chromebook 3, o modelo mais novo de chromebook à venda no Brasil com boa relação custo-benefício em relação a opções com sistema Windows. O preço sugerido do aparelho é de 1.499 reais, mas redes de varejo o vendem por cerca de mil reais.

Design

Em sua terceira geração, o aparelho da Samsung ficou com um acabamento melhor. A tampa traseira de uma textura com uma série de pequenos furinhos. O visual chega a lembrar o do smartphone Galaxy S5.

O material usado na construção da carcaça do aparelho é plástico, com o objetivo de manter tanto peso quanto custo ao consumidor final baixos. Algo ótimo é que, graças ao trabalho dos designers da Samsung, o produto tem visual premium.

O Chromebook 3 tem menos de 2 cm de espessura (1,7 cm), pesa 1,15 kg e tem tela de 11,6 polegadas, com resolução HD e proteção contra reflexos.

Com essas medidas, o aparelho é ideal para ser transportado em uma mochila ou bolsa para o trabalho ou para a faculdade.

O teclado desse produto é personalizado. Apesar de ter o padrão ABNT2 da disposição das teclas referentes a letras, símbolos e acentos, não há as teclas de F1 a F12. No lugar delas, ficam atalhos para facilitar a navegação na web, como botões para avançar, voltar, atualizar a página, trocar de aba ou regular o brilho da tela.

Como o produto não é voltado para o uso de programas populares do Windows que utilizam atalhos envolvendo as teclas da família F, o usuário não deve sentir falta delas. Por isso, a adaptação para a digitação é bem rápida. As teclas são bem baixas para que o produto possa ser fino. Contudo, isso não prejudicou a digitação de textos durante a nossa avaliação.

Usabilidade

O Chromebook 3 é um produto criado para a web. Por isso, ele vem com um bônus de 100 GB de espaço no Google Drive por dois anos.

Se você não usa ou nunca usou um serviço de armazenamento na nuvem – o que significa que os arquivos não estão na sua máquina e, sim, na de uma empresa que permite que você os acesse quando quiser via internet –, talvez haja uma curva de adaptação.

Por outro lado, se você já usa o Drive, tudo será bem simples. O Chomebook deixa alguns documentos acessíveis offline e é possível editá-los. As alterações são salvas automaticamente, mesmo sem conexão. Quando você ligar o seu aparelho a uma rede, a sincronização dos documentos offline acontece e seus dados se mantêm organizados.

Isso, porém, só acontece com o Google Docs. Se você usa a suíte online de produtividade da Microsoft, o Office, sempre vai precisar de uma conexão com a internet.

No dia a dia, para edição de documentos e visualização de vídeos na web, o Chromebook 3 se mostrou competente. Alguns engasgos de processamento foram observados quando estávamos com mais de 10 abas abertas — algo que faz computadores mais potentes passarem por problemas também.

Fora isso, sites de bancos podem ter problemas para funcionar plenamente em Chromebooks, pois precisam de soluções de software disponíveis para Windows. Se você precisar acessar um serviço bancário, é melhor buscar aplicativos para smartphones ou realizar a tarefa em um PC com Windows ou OS X.

Algo importante de ser notado é que os arquivos de mídia, como músicas e filmes, podem ser reproduzidos em uma aba do navegador Google Chrome. Basta que você arraste os arquivos em direção a ela e solte-os. Talvez legendas não funcionem, se não estiverem embutidas no arquivo de vídeo, mas as músicas serão reproduzidas sem problemas. Também há um reprodutor multimídia que funciona offline e faz parte do Chrome OS em si.

No geral, a experiência de uso foi bastante positiva, pois o produto atende bem o que se propõe a fazer: ser um notebook para a navegação na internet e consumo de mídias online.

Configuração

A configuração de hardware do Chromebook 3 é modesta, ainda que seja melhor do que a da versão anterior.

O aparelho tem processador de quinta geração Intel Celeron N3050 de 1,6 GHz, 2 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento interno (em SSD, uma unidade de memória mais veloz do que o HD).

Com esse conjunto, a velocidade de ativação é bem alta. O produto pode ser ligado em menos de 10 segundos e ele desperta instantaneamente da hibernação quando abrimos a sua tampa.
Algo interessante para quem precisa acessar muitos arquivos offline é que o Chromebook 3 tem entrada para cartões microSD, assim como um smartphone ou tablet. Com isso, a memória de 16 GB pode ser expandida.

Um problema de performance se apresentou quando tentamos reproduzir um arquivo de 1,14 GB de um filme com resolução Full HD. O computador apresentou engasgos repetidos na reprodução da mídia, não reproduziu o áudio nem interpretou legendas. Ou seja, é melhor recorrer à Netflix para ver filmes.

A reprodução de músicas offline, por outro lado, ocorreu perfeitamente durante o uso do aparelho.

Conexões

Há duas portas USB e uma HDMI, suporte a conexão de acessórios via Bluetooth e conector para fones de ouvido/microfone no Chromebook 3. Ou seja, ele é ótimo para reuniões, desde que você tenha um adaptador HDMI/VGA para conectá-lo a projetores mais antigos.

Se você usa impressoras, talvez encontre dificuldade para ligar este chromebook a elas. O Google tem até um passo a passo para que você consiga imprimir usando o Chrome OS, o que indica que o processo não é tão intuitivo assim.

Bateria

No cotidiano, o aparelho aguentou por três sessões de uso em dias diferentes, com duração média de duas horas e meia cada. No restante do tempo, o produto permaneceu ligado na mochila para que estivesse disponível assim que necessário. Nenhum notebook com sistema Windows se mostrou tão eficiente na gestão de energia, exceto pelo Asus T-100TA, que é um dois em um com tela de 10 polegadas.

Vale a pena?

O Chromebook 3 é um produto criado pela Samsung para quem precisa estar o tempo todo online. Você não pode exigir muito dele, mas ele é a opção ideal para quem precisa da portabilidade e longa duração de bateria de um tablet e tem a necessidade de ter um teclado para a edição de documentos. Seu design compacto também o torna excelente para o transporte diário. Se você usa o Google Docs, o Gmail, o Google Drive e vê vídeos na Netflix e no YouTube na maior parte do tempo em que está online, o Chromebook 3 é o produto certo para você.

Ficha técnica

Processador Intel Celeron N3050 de 1,6 GHz
Memória RAM 2 GB
GPU Intel HD Graphics
Armazenamento 16 GB (SSD) + microSD
Tela 11,6” HD
Conexões 2 USB, 1 HDMI, 1 P2
Peso 1,15 kg

Avaliação técnica

Prós Boa duração de bateria, design compacto, bom custo-benefício.
Contras Configuração de hardware poderia ser melhor.
Conclusão Bom notebook básico para navegação na web e edição de documentos.
Configuração 7.5
Vídeo e Áudio 6.0
Usabilidade 8.4
Design 9.0
Bateria 9.3
Média 8.0
Preço R$ 1.499