China cria submarino capaz de ir ao ponto mais profundo do oceano

O ponto mais profundo conhecido até o momento fica a uma distância de 11 quilômetros

Pequim – A China desenvolve atualmente um submarino tripulado capaz de chegar a uma profundidade de 11 quilômetros e, portanto, chegar até o ponto mais profundo do oceano conhecido até o momento.

As autoridades chinesas preveem realizar o primeiro teste com este submarino em 2021, precisou nesta quinta-feira o cientista e diretor de uma organização oficial envolvida no programa, Yann Kai, à agência oficial “Xinhua”.

A China conseguiu seu recorde neste âmbito com o submarino tripulado Jiaolong, que alcançou em 2012 os 7.062 metros de profundidade na fossa das Marianas do Pacífico, onde está o ponto mais profundo do oceano conhecido atualmente a quase 11 quilômetros.

O sucesso de então motivou a comunidade científica chinesa para seguir avançando em inovação e pesquisa nesta área, explicou Yann Kai às margens do plenário anual da Assembleia Nacional Popular (Legislativo), no qual Yann participa como deputado.

O cientista comentou que a equipe dedicada ao projeto ainda enfrenta vários desafios quanto a materiais que possam resistir à pressão do oceano a essa profundidade, e em relação ao design e as telecomunicações do aparelho.

O Japão também está dedicando recursos à corrida por conquistar as profundezas do oceano e desenvolve desde há alguns anos um submarino tripulado capaz de submergir a 12 quilômetros de profundidade que deve estar pronto no final da próxima década de 20.