“Cérebro” dos próximos celulares terá inteligência artificial melhorada

Novos processadores da Qualcomm ajudam a tirar fotos melhores e a economizar a bateria do smartphone Android

São Paulo – A americana Qualcomm traz ao mercado, a partir desta terça-feira (9), os seus novos processadores para celulares com sistema Android de gama intermediária, aqueles que custam 2 mil reais ou menos à época do lançamento. As novas linhas de processadores são chamadas Snapdragon 665 e Snapdragon 730.

O 665 é o mais simples entre eles. Ainda assim, ele tem suporte para câmera tripla, algo presente apenas em modelos topo de linha atualmente, como é o caso do Galaxy S10, que tem três câmeras traseiras com lentes de diferentes amplitudes de captura. Ainda sobre fotografia, o processador viabiliza zoom digital de até 5x para aproximação de imagens e, no total, tem capacidade de registro de imagens de até 48 megapixels.

Além disso, seu chip de processamento de inteligência artificial é duas vezes mais veloz do que o do seu antecessor, o Snapdragon 660. Isso viabiliza, por exemplo, a regulagem automática dos ajustes da câmera para diferentes tipos de cena, tirando proveito da inteligência artificial para melhorar fotos ao analisar um acervo próprio de informações sobre diversos tipos de imagens.

Segundo previsão da consultoria de mercado americana Gartner, em 2022, 80% dos smartphones terão recursos de inteligência artificial nativos, ou seja, com chips dedicados a essa tarefa. O número representa um aumento de 10% em relação a 2017. A razão para isso é que as fabricantes buscam diferenciar seus produtos cada vez mais.

O Snapdragon 665 também permite o reconhecimento facial em três dimensões. Com isso, o usuário poderá usar o rosto como senha – e sem o risco de o sensor ser enganado por uma foto.

De acordo com a Qualcomm, no teste Open GL ES (que mede o desempenho gráfico), o consumo de energia do processador para jogos é 20% menor do que na geração anterior. Ou seja, quem joga no celular gastará menos bateria com o novo chip.

Por fim, um dos recursos de destaque o iPhone Xs, a possibilidade de tirar fotos com fundo desfocado com apenas uma câmera (algo que, antes, era possível apenas com câmera dupla) também será viabilizado pelo novo Snapdragon 665. Ainda não há previsão de lançamento com um celular com o processador, mas ele deve chegar ainda neste ano ao mercado.

Snapdragon 730

O novo Snapdragon 730 chega com foco em smartphones mais sofisticados do que os que virão com Snapdragon 665. Seu motor de processamento de inteligência artificial é de quarta geração, enquanto o do 665 é de terceira. Portanto, ele é mais veloz. Em relação à geração passada (Snapdragon 710), o modelo 730 é duas vezes mais rápido nesse processo.

Há também suporte para fotos com fundo desfocado com uma só câmera, uso de inteligência artificial para otimizar cenas fotografadas e sensores tridimensionais para desbloqueio facial. No total, as câmeras do dispositivo equipado com novo Snapdragon 730 podem tirar fotos com até 192 megapixels (valor combinado das diversas câmeras do celular).

Um dos principais diferenciais do processador é o suporte à tecnologia HDR em vídeos com resolução 4k (quatro vezes mais do que o padrão Full HD). Assim como nas fotos, ela otimiza os níveis de brilho e contraste para que o resultado seja melhor do que em uma câmera que não conta com o recurso.

Fora tudo isso, a Qualcomm também criou uma versão gamer do processador, chamada Snapdragon 730G. Seu processamento gráfico chega a ser 25% melhor do que o do 730.

Apesar de a Qualcomm não ter revelado quais fabricantes serão as primeiras a lançar os processadores, ela indicou que as chinesas têm interesse, como a Xiaomi, que recentemente retornou ao mercado brasileiro em parceria com a DL. A expectativa da Qualcomm é de que o lançamento dos smartphones com seus três novos processadores acontece até o fim do primeiro semestre no mercado global.