Carro sem inspeção poderá ser licenciado em SP

Carro sem inspeção poderá ser licenciado em SP

No último dia de inspeção veicular ambiental pela empresa Controlar, muitos paulistanos ainda não sabiam como proceder caso não tenham levado o seu veículo para a vistoria, que se encerra às 19h desta sexta-feira, 31. Até esta quinta-feira, 30, 3.024.042 veículos passaram pela inspeção referente ao calendário 2013. Ainda faltavam passar pelo programa 13.433. Outros 69.733 fizeram os testes e não foram aprovados.

Há uma certeza, no entanto: por ora, não será mais necessário ter a inspeção em dia para licenciar o veículo. Isso, até que a Prefeitura estabeleça os novos parâmetros da inspeção, que pode voltar ainda neste ano, com outras diretrizes. A gestão Fernando Haddad (PT) promete divulgar hoje regras de transição para o futuro serviço.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), responsável por licenciar os veículos, caso a Prefeitura suspenda a inspeção a partir deste sábado, 1, “o licenciamento dos veículos registrados na capital não estará mais condicionado à aprovação na inspeção”. No início do mês, a Prefeitura sinalizou que o programa pode retornar a partir de maio.

De acordo com a gestão Haddad, a portaria que regulamenta a lei que aprovou o novo tipo de inspeção na cidade, em abril do ano passado, está sendo finalizada. Ela permitirá “que os carros que não fizeram a inspeção veicular em 2013, ou em anos anteriores, sejam licenciados”. Quando a nova inspeção passar a valer, os veículos que não estão regulares terão um prazo para se regularizar.

Despedida

Em nota, a empresa Controlar informou que “se despede da população com a certeza de ter prestado um serviço de qualidade, com respeito ao cidadão paulistano e de vital importância para a cidade”. Além disso, a concessionária divulgou que os motoristas que já pagaram a tarifa, mas que ainda não regularizaram a situação, têm até as 19h desta sexta-feira para passar pelo programa atual. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.