Carro autônomo do Google já pode transportar pessoas

Em fase de testes, veículo da Waymo, parte do grupo do Google, avança para ter serviço de transporte sem motoristas

São Paulo – O carro autônomo da Waymo ganhou aprovação para transportar passageiros em um teste piloto na Califórnia, nos Estados Unidos. A companhia é parte da Alphabet, a empresa-mãe do Google. O aval da Comissão de Serviços Públicos da Califórnia representa mais um avanço para a oferta de um serviço de transporte que terá carros sem motoristas. As informações são do site TechCrunch.

A iniciativa ainda está no começo e tem algumas restrições que inviabilizam, por ora, a criação de um negócio. Não será permitida a cobrança pelo transporte de passageiros durante o teste e todos os veículos deverão ter um motorista pronto para assumir o controle do volante em caso de emergência.

Veja também

Os carros que poderão ser usados no projeto piloto são um Jaguar I-PACE, que é 100% elétrico, e um Chrysler Pacifica, que tem motorização híbrida (uma combinação de motor elétrico e motor a combustão).

Durante todo o teste, a Waymo terá que reportar o número de passageiros e quantidade de quilômetros percorridos com os carros autônomos.

A Waymo desenvolve a sua tecnologia de condução autônoma há anos. No fim do ano passado, a empresa chegou até mesmo a lançar um serviço pago de transporte de passageiros com carros autônomos. Ele funciona de forma parecida com a Uber. Apesar de os veículos terem a tecnologia de condução, os carros usados nesse serviço precisam sempre ter motoristas prontos para assumir o volante.