Cabos submarinos do Google são devorados por tubarões

Transmissão de dados no fundo do oceano acaba por criar um campo eletromagnético que pode ser percebido pelos tubarões como um cardume de peixes

São Paulo – O Google tem investido muito dinheiro recentemente em cabos submarinos, dedicados a tentar aumentar a velocidade de acesso e transmissão de dados para os seus muitos serviços. Uma parte desse orçamento, entretanto, tem sido dedicada a… tubarões.

Não, não é dessa vez que a empresa contratou Steven Spielberg para uma sequência do filme dos anos 70: o que acontece é que os tubarões adoram devorar os cabos submarinos, de maneira que a empresa está tendo de reforçar os fios com Kevlar, um material leve e muito resistente utilizado, por exemplo, nos uniformes do exército americano.

Foi o que declarou Dan Belcher, gerente de produtos do Google, em um evento em Boston. Mas por que os tubarões tentam morder os cabos?

De acordo com o site oAfrica, é porque a transmissão de dados no fundo do oceano acaba por criar um campo eletromagnético que pode ser percebido pelos tubarões como um cardume de peixes.

Não é a primeira vez, entretanto, que isso acontece: em 1987, uma matéria do New York Times mostrava o interesse dos peixes por cabos da AT&T.