Briga do Yahoo com chinesa Alibaba se intensifica

As duas empresas apresentaram depoimentos contrastantes acerca da transferência da maior parte dos ativos da companhia de Internet chinesa para seu presidente

Nova York – A batalha do Yahoo com o Grupo Alibaba se intensificou nesta sexta-feira conforme as duas empresas apresentaram depoimentos contrastantes acerca da transferência da maior parte dos ativos da companhia de Internet chinesa para seu presidente-executivo.

Analistas afirmam que a entrega do Alipay, um sistema de pagamento para comércio online similar ao PayPal do eBay, para o presidente-executivo Jack Ma reduziu o valor da fatia de 43 por cento do Alibaba detida pelo Yahoo. O Alibaba também opera a maior empresa de comércio online da China, a Alibaba.com.

O Yahoo afirmou que foi pego de surpresa pelo acordo, embora o Alibaba tenha replicado que o Yahoo estava ciente da transação por possuir um assento na diretoria da empresa chinesa, agora ocupado pelo ex-presidente executivo do Yahoo Jerry Yang, que também é um dos diretores do Yahoo.

As ações do Yahoo caíram cerca de 14 por cento desde que a companhia divulgou pela primeira vez a transferência em um documento ao governo após o fechamento do mercado na terça-feira.

O fato realça o tenso relacionamento entre Ma e Carol Bartz, presidente-executivo do Yahoo desde janeiro de 2009.

Bertz está sob pressão para aumentar a receita e trazer mais visitantes para o Yahoo, que atualmente perde mercado para concorrentes como o Google e o Facebook. A fatia no Alibaba é considerada um dos bens mais valiosos do Yahoo.

As ações do Yahoo encerraram a sessão com queda de 3,6 por cento na Nasdaq.