Brasileiro entra para o Hall da Fama da internet

O escolhido foi Demi Getschko, que estabeleceu a primeira conexão brasileira com a internet em 1991

São Paulo – O Brasil já pode se orgulhar de ter um representante no IHoF (Internet Hall of Fame), espécie de hall da fama que reúne pessoas importantes para a história da internet.

O escolhido foi Demi Getschko, atual diretor do NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR). Com diploma de PhD em engenharia eletrônica pela USP, Getschko é hoje professor da PUC-SP.

De acordo com a comissão que concedeu a homenagem, ele teve “um papel chave no time que estabeleceu a primeira conexão de internet no Brasil”.

Internet no Brasil

A primeira conexão de internet no Brasil surgiu em janeiro de 1991. Getschko era então coordenador de operações da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa.

Naquela ocasião, ele estabeleceu uma conexão entre a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo) e a rede Energy Sciences Network, nos Estados Unidos.

Pelo feito, Getschko foi homenageado na categoria “conectores globais”, juntamente de outras 11 pessoas que deram contribuições significantes para o crescimento e uso da Internet.

IHoF

Além de Getschko, outras 23 pessoas deverão entrar para três diferentes categorias do IHoF em 2014. O prêmio foi Criado em 2012 pela ONG Internet Society, de Hong Kong – onde aconteceu a cerimônia de entrega das homenagens na última terça.

“O Internet Hall of Fame celebra os pioneiros de uma tecnologia que transformou o modo como vivemos, trabalhamos e aprendemos” , afirmou durante o evento John Tsang, representante do governo de Hong Kong.