Brasil fecha março com mais de 250,8 mi de linhas móveis

O volume de novas habilitações chegou a 3,2 milhões e é o maior registrado em um mês de março nos últimos 13 anos

São Paulo –  De acordo com dados divulgados pela Anatel, o Brasil encerrou o mês de março com mais de 250,8 milhões de linhas ativas na telefonia móvel e teledensidade de 128 acessos por 100 habitantes.

O volume de novas habilitações chegou a 3,2 milhões e é o maior registrado em um mês de março nos últimos 13 anos. O País contabilizou ainda 43,3 milhões de handsets 3G e 8,4 milhões de terminais de dados móveis ao final de março.

Market share

A Vivo mantém a liderança em número total de usuários móveis, com 29,81% de participação de mercado. A TIM se consolida na vice-liderança com 26,8% de share; seguida pela Claro, com 24,56%; e pela Oi, com 18,53%.

No quesito 3G, a Claro continua à frente com 14,7 milhões de handsets WCDMA e uma participação de mercado de 34%. Em segundo lugar vem a Vivo, com 13,1 milhões de telefones 3G e 30,2% de share; seguida pela TIM, com 11,8 milhões de terminais e 27,4% de participação; e pela Oi, com 3,6 milhões de handsets e 8,4% de share.

O primeiro lugar do ranking muda se somados os demais terminais de dados móveis, como POS sem fio de transações financeiras. A Vivo lidera com 32,5% do mercado de banda larga móvel, com 16,8 milhões de terminais; seguida pela Claro, com 31,6% e 16,3 milhões de terminais; pela TIM, com 27,7% e 14,3 milhões; e pela Oi, com 8,2% e 4,2 milhões de terminais.