Brasil é o segundo país com mais acessos ao site da Fifa

Brasil e Estados Unidos são os dois países que mais visitaram o site da Fifa neste ano, aponta estudo da empresa SimilarWeb

São Paulo – O Brasil é o segundo país com mais acessos ao site da Fifa em 2014, atrás apenas dos Estados Unidos. A informação é da empresa SimilarWeb, que vê, nisso, um indício do forte interesse de brasileiros e americanos pela Copa do Mundo. .

De acordo com levantamento da ferramenta de monitoramento online, o Brasil corresponde a 15,3% da audiência do site da Fifa neste ano – o que equivale a 19,7 milhões de acessos. Já os EUA respondem por 18,7% dos acessos ou 24 milhões de visitas.

http://cf.datawrapper.de/pVmlB/2/

Em terceiro, vem a Colômbia com 9 milhões de acessos – 7% do total. Reino Unido, Argentina, México, Alemanha, França, Canadá e Venezuela completam as 10 primeiras posições da lista.

“Dentre os países que não participam da Copa, os maiores acessos são do Canadá (9º lugar), Venezuela (10º), Peru (14º) e Índia (19º)”, afirmam em nota representantes da SimilarWeb.

Torcidas mais aguerridas

Além do ranking dos países que mais acessam, a SimilarWeb organizou uma lista que relaciona o número de visitas à população de cada país para saber qual é, segundo esse critério (questionável, sem dúvida), a torcida proporcionalmente mais aguerrida. E, nesta disputa, quem venceu foi o Uruguai.

Com 3,3 milhões de habitantes, o país foi origem de 2,6 milhões de visitas ao site da Fifa. É como se 78,6% dos uruguaios tivessem visitado a página. Em segundo lugar, outra surpresa: Bósnia-Hezergovina, com o equivalente a 42,1% da população acessando o site.

http://cf.datawrapper.de/oCzWr/2/

Costa Rica (35,5%), Portugal (19,4%), Bélgica (18%), Chile (14,9%), Suíça (13%), Croácia (12,5%) e Argentina (12,4%) completam a lista.

O site da Fifa não é o único espaço da internet que tem sido movimentado pela Copa. Números divulgados pelo Facebook indicam que, em apenas uma semana, esta edição do torneio gerou mais interações que a anterior naquela rede social.