Bengala com reconhecimento facial ajuda deficientes visuais a identificar pessoas na rua

Capaz de reconhecer faces a uma distância de quase dez metros, a bengala, batizada de XploR, utiliza um software de visão artificial de código aberto

Um novo modelo de bengala equipado com câmera e sistema de reconhecimento facial pode ajudar deficientes visuais a navegar pela rua e a identificar rostos conhecidos. O aparelho, que conta também com GPS, foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Birmingham City, no Reino Unido. 

Capaz de reconhecer faces a uma distância de quase dez metros, a bengala, batizada de XploR, utiliza um software de visão artificial de código aberto. O programa processa as imagens captadas por uma câmera simples e depois as compara com um banco de fotos extraídas de serviços como Gmail, do Google, e Outlook, da Microsoft.

Se a “bengala inteligente” encontra uma correspondência, ela envia os dados do contato para um fone de ouvido bluetooth que funciona por condução sonora, para garantir o mínimo de interferência na audição do usuário. 

A XploR ainda é um protótipo, mas como prova de conceito já demonstra os benefícios que a tecnologia de visão artificial pode oferecer aos usuários.

Fonte: Wired